Buscar
  • Juliana Dias

AGENCIAMENTOS SOCIODISCURSIVOS NO CONTEXTO ESCOLAR

Este artigo foi publicado no final de 2021 no Periódico Cadernos de Linguagem e Sociedade (UnB). Neste estudo Atauan Soares de Queiroz , doutor pela Universidade de Brasília ,e Juliana Dias, professora orientadora da tese de Atauan, abordam o conceito sociológico de agência, desenvolvendo a noção de agenciamento em perspectiva discursiva crítica, com base nos pressupostos teóricos do enfoque morfogenético (ARCHER, 1995, 1996, 2003, 2004, 2012). Para perceber como agenciamentos emergem e se intensificam nas práticas sociais, os pesquisadores consideram uma ação sociopedagógica situada, o Programa Mulheres Inspiradoras (PMI), observando as experiências de estudantes do Ensino Médio. As análises dos dados etnográficos recaem sobre os discursos articulados pelos/as discentes para representar e identificar as experiências formativas (FAIRCLOUGH, 2003, 2016). Para operacionalizar as análises textualmente orientadas, foi mobilizada a categoria seleção lexical. Os discursos analisados apontam para a emergência e intensificação de agenciamentos epistêmicos, políticos e identitários.

Se você tem interesse em entrar para o GECRIA como pesquisador/a, sugerimos a leitura completa do artigo em https://periodicos.unb.br/index.php/les/article/view/36415/31920 . Atauan estará conosco no evento "AUTORIA CRIATIVA NO GECRIA: diálogos criativos com gosto de futuro", no dia 24 de março às 19h. Informações: www.autoriacriativa.com e @autoriacriativa.





23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo