top of page
Buscar
  • Foto do escritorJuliana Dias

PRÁTICAS CRÍTICAS DE ESCRITA NA ESCOLA

Esta palestra trata de reflexões ontológicas, epistemológicas e metodológicas no âmbito da Análise de Discurso Crítica em tempos de decolonização (Santos, 2010; Lugones, 2014; Ballestrin, 2013) desenvolvidas por pesquisas do Grupo de Pesquisa Educação Crítica e Autoria Criativa (GECRIA- UnB/CNPq).


A ênfase sociodiscursiva desse estudo está na (re)construção dos modos de representar, de ser, de sentir e de agir em relação à autoria criativa em comunidades de escrita coordenadas pelo GECRIA.


Nosso objetivo é mobilizar saberes decoloniais para desencaixar as metodologias tradicionais das práticas escolarizadas em torno da leitura e da escrita. Propomos formas criativas e insurgentes de (re)encaixes com foco em rodas de escrita com professores/as e estudantes engajados/as em seus protagonismos como autores/as autônomos/as e criativos/as no bojo de uma pedagogia crítica de projetos (Dias, Coroa e Lima, 2018).


Ao abrir essa fenda, o GECRIA insere estudantes e docentes como sujeitos diante de suas histórias, os quais penetram o espaço escolar através de novas formas de existir, de ser e de poder, com suas reexistências materializadas em textos autorais, em currículos vivos, legitimados pelo viés da decolonialidade, através de práticas pedagógicas transgressoras.





144 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page