Buscar
  • Juliana Dias

PRÁTICAS CRÍTICAS DE ESCRITA NA ESCOLA

Esta palestra trata de reflexões ontológicas, epistemológicas e metodológicas no âmbito da Análise de Discurso Crítica em tempos de decolonização (Santos, 2010; Lugones, 2014; Ballestrin, 2013) desenvolvidas por pesquisas do Grupo de Pesquisa Educação Crítica e Autoria Criativa (GECRIA- UnB/CNPq).


A ênfase sociodiscursiva desse estudo está na (re)construção dos modos de representar, de ser, de sentir e de agir em relação à autoria criativa em comunidades de escrita coordenadas pelo GECRIA.


Nosso objetivo é mobilizar saberes decoloniais para desencaixar as metodologias tradicionais das práticas escolarizadas em torno da leitura e da escrita. Propomos formas criativas e insurgentes de (re)encaixes com foco em rodas de escrita com professores/as e estudantes engajados/as em seus protagonismos como autores/as autônomos/as e criativos/as no bojo de uma pedagogia crítica de projetos (Dias, Coroa e Lima, 2018).


Ao abrir essa fenda, o GECRIA insere estudantes e docentes como sujeitos diante de suas histórias, os quais penetram o espaço escolar através de novas formas de existir, de ser e de poder, com suas reexistências materializadas em textos autorais, em currículos vivos, legitimados pelo viés da decolonialidade, através de práticas pedagógicas transgressoras.


LINK PARA INSCRIÇÃO: https://www.adclsf.com.br/post/terceira-palestra-do-ciclo-de-palestras-do-gpe-adc-lsf




137 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo